Rotina e CRONOGRAMA CAPILAR do Felipe Ursini! - Cabelo Perfeito - FULL CIRCLE

25/07/2017
Olá pessoal, tudo okay?

Ursini está de volta, com alguns posts especiais, junto ao novo layout! Gostaram? :}
E como continuação ao recente post que fiz sobre minha rotina de cuidados com a pele, que fiz aqui.


O de hoje é sobre cabelo, rotina hair care. Como porta-voz do Cronograma Capilar (clique no texto para saber sobre o assunto, e clique aqui, para participar do grupo original), depois de muitos anos ensinando e disseminando a técnica, desde 2011, pra ser mais exato; hoje é a vez de saberem como de fato é o Cronograma Capilar do Felipe Ursini, curiosidade de muitos, e assunto não muito comentado, a não ser que faço mais N e R! =D


Aqui saberão o que faço no dia a dia e ocasiões especiais para ter um cabelo bonito e perfeito, na medida do possível. Tendo uma boa aparência e até mesmo atenuando potenciais danos e imperfeições. :}



No caso, vou dizer a vocês o meu passo a passo, ou seja, os meus costumes relacionados aos cuidados com o cabelo. Tenho meu cabelo, graças ao bom Deus sempre elogiado aqui e ali. Uma das conquistas que consegui é um cabelo sem nenhuma ponta dupla! E é sério, não tenho pontas duplas há uns sete anos.

Se quiser saber como prevenir as pontas duplas, clique aqui.


Portanto, desde que comecei a me inserir e estudar cientificamente a respeito do assunto "tratamento capilar", cosmetologia e afins, tenho conseguido manter o cabelo bonito em dia.


Você precisa identificar a tipologia geral de seu cabelo. No caso, o biotipo em questão de sensorial (com volume ou sem volume / seco, normal, misto, oleoso, muito oleoso), e às tendências à oleosidade e ressecamento. Muitas pessoas confundem cabelo seco e cabelo ressecado, e não, não é a mesma coisa, entre outros. O crono não se baseia exatamente se você tem um fio liso, anelado, cacheado, crespo, alisado, com permanente e afins, pois este aspecto deverá ser cabível à uma finalização apropriada, mas sim, o crono se baseia no sensorial geral, grau de porosidade e quantidade natural de lipídeo e proteína. Pronto. Esses são os dados necessários para se saber e se fazer um bom Cronograma Capilar. Por exemplo o meu caso:



Características Gerais do Cabelo do Felipe Ursini


Biotipo de Cabelo: Com volume / Naturalmente Seco
Estado atual do Cabelo: Volume controlado (Escova Progressiva)/ Normal
Biotipo de Couro Cabeludo: Normal.
Estado atual de Couro Cabeludo: Normal.
Tendência a oleosidade: Não, raramente. Se pesar nos produtos.
Tendência a ressecamento: Se cuidado, não. Se não cuidado, às vezes.
Tendência a porosidade e quebra: Não, raramente.
Cor natural: Castanho médio.
Químicas Atuais: Escova Progressiva / Botox.
Químicas Anteriores: Descoloração, Coloração Permanente 12.11 e 4.0
(há mais de um ano, não existentes mais nos fios).


Curiosidades sobre cabelo em geral:

  • O cabelo é uma proteção natural da cabeça humana, servindo inclusive como proteção aos efeitos solares.
  • O cabelo é uma fibra de proteína em sua quase totalidade, primariamente constituído de queratina, contendo algumas moléculas de água e lipídeo.
  • O cabelo é um tecido morto. Ele não reage à estímulos, nem propriamente absorve alguma coisa como a pele o faz.
  • Pigmentos de melanina como feomelanina e eumelanina são determinantes da cor natural dos fios.







Agora vamos ao que interessa? Qual o Cronograma Capilar do "Pai do Crono", como algumas leitoras me chamavam carinhosamente?




Vale salientar que, já experimentei nesta vida todas as principais químicas alisantes como tioglicolato de amônia, guanidina, carbocisteína, formol, ácido glioxílico (e meu cabelo fica melhor com os dois últimos). E de mesma maneira, experimentei colorações à base de amônia e sem a mesma, o mesmo válido para descolorantes. Sobre textura, raramente soltei as ondas, tenho a preferência para o liso levemente ondulado, no meu caso. Sobre cor, sempre variei entre os loiros mais claros e os castanhos. Já usei castanho escuro > castanho médio > castanho claro > marrom glacê > loiro escuro > loiro médio/natural > chocolate claro > loiro claro > loiro muito claro > loiro claríssimo > loiro ultra claro > loiro platinado > branco. Atualmente, estou no bom e natural castanho médio, por mais de um ano assim, e não pretendo mudar a cor. E por alguma razão alienígena, coloração preta não pega nos meus fios. Fica por alguns dias, e depois some. hahaha'




Cronograma Capilar do Felipe Ursini:



1 - PRIMEIRO PASSO - LIMPEZA:
1.1 - Pré-Shampooing (Limpeza com Óleo)[Frequência: Ocasionalmente]: Sim, limpeza com óleo. Algumas vezes eu aplico uma pequena quantidade de algum óleo vegetal, ou mesmo algum produto indicado para uso pré-shampoo, mas dou preferência ao óleo mesmo, dos mais básicos como oliva. A aplicação consiste em colocar uma quantidade referente à extensão de uma moeda de cinquenta centavos e espalhar por toda a extensão dos fios, deixando por alguns minutos antes da higienização. Algumas das moléculas do óleo se ligam às sujidades dos fios. Quando o faço, molho os fios, condicionando-os antes de aplicar o shampoo. Ocasionalmente, então, quase que faço um Co-Wash, porém, utilizando shampoo em seguida.

1.2 - Shampoo Anti-Resíduos / Limpeza Profunda [Frequência: Raramente]: Quem me acompanha há anos sabe que eu, no geral, detesto este tipo de produto, pois é utilizado indiscriminadamente por aí, e o pessoal fica com o cabelo todo danificado e ressecado e não sabe o motivo... Este tipo de shampoo é para ser utilizado raramente, apenas em casos em que uma limpeza "extrema" é necessária. A função do mesmo é justamente limpar tudo no fio, alguns são mais suaves, mas a maioria, por ter este objetivo, é altamente agressiva. Utilizo geralmente quando vou cauterizar os fios, ou fazer uma progressiva, e ainda, com todo o cuidado. Ou mesmo, pra dar um "restart" nos fios, após muito uso de finalizadores como pomadas e sprays.

1.3 - Shampoo de Uso Diário / Hidratante /Tratamento [Frequência: Diariamente]: Sim, eu tenho o costume de lavar os cabelos quase todos os dias, e uso shampoos de uso diário para isso. Não tem segredo, aplicar, massagear no couro, enxaguar. Aliás, a função primordial do shampoo é a de limpar os fios ligando-se às moléculas de gordura e sujeira, removendo-as com o impulso da água.

1.4 - No Poo / Low Poo / Sulfate Free Shampoo [Frequência: Ocasionalmente]: Utilizo essas vertentes de shampoo de vez em quando, quando meus fios não estão muito sujos, e quero uma limpeza suave. Geralmente englobados nas aplicações do dia a dia, alternativos ao uso do shampoo comum, quando quero garantir maior hidratação, ou não perder muito de um tratamento anterior.

Se quiser saber mais sobre os benefícios dos shampoos sem sulfato, clique aqui.

2 - Segundo Passo - Condicionamento:
2.1 - Condicionador [Frequência: Recorrentemente / Diariamente]: Este é um passo MUITO importante, e a maioria das pessoas não fazem ideia. No geral, no dia a dia, dou preferência a usar máscaras, a não ser quando eu estou com pressa ou preguiça, aí uso só o condicionador mesmo, ou um daqueles creminhos tipo ampola de 1 a 3 minutos de ação. No caso, o uso do condicionador é imprescindível para a melhora do aspecto dos fios em geral. Utilizo sempre que faço uma limpeza mais pesada. Ele não apenas doa aspecto mais macio e suave aos fios, ao contrário do que a maioria das pessoas pensa; aliás, e justamente por isso, ele tem a função de complementar a higienização dos fios, removendo moléculas restantes de sujidades, enquanto doa uma fração de proteção aos fios, ao tempo em que regula o pH do mesmo. Isso mesmo, a função do condicionador é muito mais importante do que o básico popularmente sabido. Ao contrário do que se pense, ele não necessariamente e automaticamente "sela" as cutículas dos fios, ele regula o pH para que os fios voltem a um pH mais normal após o uso do shampoo, que os alcaliniza. A verdade se encontra no fato de, se você não realmente cuidar dos fios, o condicionador sozinho não irá conseguir fazer muita coisa, e logo, ao menos ressecamento pode aparecer. E ao mesmo tempo, você pode tratar e tratar o fio, mas se nunca condicioná-lo, logo você notará um efeito build up com certa frequência.

3 - Terceiro Passo - Reposição Hídrica:
3.1 - Hydrating Mask [Frequência: Recorrentemente]: Fase do Cronograma Capilar, composta na utilização de máscaras que forneçam boa reposição da fração hídrica no cabelo, ou seja, água. Um condicionador muito bom e potente, pode ser capaz de fazê-lo, e até mesmo um leave in. No entanto, um tratamento focado é o ideal. E por água ser o que o meu fio menos precisa no dia a dia, esta é a fase que eu menos utilizo no Cronograma Capilar. Na verdade, eu uso mask em quase todos os dias que lavo os fios, então, algumas vezes, quando sinto necessidade de uma hidratação a mais, é a ela que recorro. Você encontra um efeito "H" em máscaras à base de extratos vegetais como: babosa / aloe vera, extratos glicólicos, linhaça, extratos de frutos, e mesmo alguns óleos mais suaves como girassol ou óleo de semi di lino, e os meus favoritos, água de coco, o dexpantenol e o ácido pantotênico, que são tipo os reis.

Se quiser saber mais sobre hidratação capilar / reposição hídrica, clique aqui.

4 - Quarto Passo - Reposição Lipídica:
4.1 - Nutrition Mask [Frequência: Quase sempre]: Utilizo uma máscara que seja a base de lipídeos quase sempre que lavo os fios. Meu fio é naturalmente seco, portanto, esta é a fase que mais beneficia meus fios, doando a camada lipídica e "hidrofóbica" aos meus fios, mantendo a hidratação dentro dos mesmos, e impedindo que saia, ao tempo que protege dos fatores externos que venham a causar ressecamento e frizz, aumentando então a sedosidade e o brilho. Além disso, geralmente previnem o envelhecimento das fibras capilares, com efeito antioxidante proveniente de compostos como a vitamina E. Você encontra um efeito "N" em máscaras à base de extratos lipídicos como: óleos vegetais e manteigas. Amo produtos que contenham óleo de avelã, óleo de argan, óleo ou manteiga de abacate, manga ou murumuru. Principalmente, produtos que contenham ceramidas 3 e tocoferol.

Se quiser saber mais sobre nutrição capilar / reposição lipídica, clique aqui.

5 - Quinto Passo - Reposição Proteica:
5.1 - Reconstruction Mask [Frequência: Recorrentemente]: Utilizo máscaras reconstrutoras e fortalecedoras de modo intercalado com o uso das máscaras nutritivas / lipídicas. É a segunda das fases do Cronograma Capilar que mais utilizo. De poder inferior a superior, variando a depender da necessidade do momento. Das mais baratinhas e superficiais aos tratamentos mais pesados. Essa é a fase que vai doar força, resistência e reparo, além de prevenir quebra e porosidade, junto às demais fases. Você encontra um efeito "R" em máscaras à base de aminoácidos e proteínas animais ou vegetais, como: queratina, queratina hidrolisada, queratina mimetizada, proteínas em geral hidrolisadas, proteínas quaternizadas, lisina, serina, valina, isoleucina, arginina, ácido glutâmico, entre outros itens. Gosto muito da sericina, pois ela tem uma função coringa, unindo as três fases em seus efeitos.

Se quiser saber mais sobre mais a fundo sobre QUERATINA, clique aqui.

6 - Sexto Passo - Queratinização:
6.1 - Cauterização e Selagem [Frequência: Ocasionalmente]: Por vezes, faço um tratamento mais profundo de base reconstrutora. Tratamento à base de queratina, proteínas e aminoácidos, no qual mantenho alguma quantidade de proteína nos fios antes de secá-lo e pranchá-lo para selar os fios com os tratamentos, com o auxílio de um leave in termoprotetor. Sem segredos. 


Aliás, se quiser saber mais a fundo sobre CAUTERIZAÇÃO, clique aqui.

7 - Quarto Passo - Proteção e Finalização:
7.1 - Leave In, Geléias, Cremes [Frequência: Diariamente]: Faço o uso diário de leave ins nos fios. Geralmente em textura de creme ou creme fluido. Por vezes, em textura de geleia ou aquosa, vai depender do que estou afim de usar. Eu quase sempre utilizo esse tipo de produto, apenas, por vezes não. O leave in pode colaborar com a hidratação, nutrição e reconstrução dos fios, dependendo dos tratamentos previamente utilizados. Ele seca nos fios formando uma película de proteção nos mesmos, mantendo o tratamento, protegendo os fios e aumentando efeitos benéficos de acordo com suas premissas. Em geral, aumentando maciez, suavidade, maleabilidade e brilho; e prevenindo pontas duplas!!!

Se quiser saber mais a fundo a importância do leave in, clique aqui.

7.2 - Styling / Estilização [Frequência: Recorrentemente]: No dia a dia, eu costumo manter os cabelos secos ao natural, apenas protegidos por um leave in. De vez em quando, quando quero um aspecto mais bonitinho, eu trabalho na estilização dos fios. Quando o cabelo já está bom, e eu estou com preguiça mesmo, eu posso apenas aplicar um pouquinho de óleo ou sérum apenas para dar uma renovada no visual e brilho, por vezes, aplicando uma pomada ou cera leves. Já, quando quero um efeito bem "gato da balada", aí eu não meço esforços no uso de pomada, cera, pasta ou spray fixador. Quanto mais bons polímeros na composição, melhor. No geral, utilizando um protetor térmico liquido antes de secar e estilizar os fios. Apenas às vezes utilizo um em creme.

Recomendo muitíssimo que leia mais sobre, clicando aqui.






Então, é basicamente isso o que faço. E o que se diz em "H-N-R" no Cronograma Capilar, bem, eu uso mais N, depois mais R e menos H. O segredo do Crono é você simplesmente conhecer seu cabelo e notar o que ele realmente precisa. :}



Como eu disse, eu uso mask em quase todas as lavagens, e posso definir mais ou menos assim:

Uso de máscara hidratante: 20% das vezes.
Uso de máscara nutritiva: 45% das vezes.
Uso de máscara reconstrutora: 35% das vezes.




Parafinas e Petrolatos: Eu tenho preferência por produtos sem parafinas e petrolatos, principalmente em tratamentos e máscaras. Mas não necessariamente fujo deles, principalmente se forem apenas o caso de finalizadores.
Silicones: Sobre silicones em geral, eu não tenho problemas. Eles melhoram os efeitos dos ativos dos produtos, melhorando sensorial, brilho e visual... Além de evitar frizz, por suas propriedades isolantes à eletricidade, além de protegerem os fios. Além disso, possuem altíssima resistência ultravioleta, e por isso mesmo, são eles que compõem um bom protetor térmico. E polêmica, apesar de material "sintetizado", a maioria dos silicones é sim sintetizada, mas tem origem orgânica. SIM, os silicones vêm de alguns tipos de rochas (como o caso da pedra quarzto), que é material orgânico. :}
Sulfatos: Dou preferência a shampoos suaves e hidratantes, tendo ou não sulfato, pois tudo vai depender da concentração. No geral, uso um ou outro, apenas quando quero garantir uma hidratação a mais, uso um sem sulfato que seja suave.
Parabenos: Dou preferência a produtos sem. Lá em cima ao fim da parte de shampoos sem sulfato coloquei um link exclusivo sobre isso.
Origem: Não sou vegan, no entanto, dou preferência total a produtos que não sejam testados em animais.




E basicamente, este é o Cronograma Capilar do Felipe Ursini. :}


Tenho um cabelo diariamente suave, sedoso, macio e com brilho. E principalmente, sem pontas duplas e frizz. :}




Como dito ao início do post, recentemente fiz o post da minha rotina skin care, para conferir, basta clicar na imagem:





Abraços.


3 comentários:

  1. Quanto cuidado com esse cabelo ♡♡
    http://toobege.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. eu simplesmente alterno nutrição com mascara reconstrutora e de 15 em 15 ou de 20 em 20 faço caut. Mas eu escovo toda vez q lavo, aliso, tenho progressiva...esse negócio de fazer cronograma e usar uma mascara reconstrutora 1 vez no mês só como eu vejo em "tabelas" por aí, sinceramente q n consigo achar q bastaria pro meu cabelo...

    ResponderExcluir
  3. Eu uso o condicionador em todas as lavagens, após a máscara, tá errado? ��

    ResponderExcluir